Fotos: Getty Images
Fotos: Getty Images

Por Luigi Torre

Com exceção do vermelho, a cartela é essencialmente minimalista: azul-marinho, bege, branco e preto. Mas nas mãos de Francisco Costa, até a cor mais dramática do pantone (o vermelho) ganha ares da máxima simplicidade.  A simplicidade aqui, porém, é apenas aparente – construção minuciosa, tecidos nobres e acabamentos de luxo de simples não têm nada. Consagrando o comprimento mídi no verão 2105, a Calvin Klein mostra uma coleção de roupas ajustadas ao corpo e silhueta alongada, com sobreposições explorando as diferentes opacidades dos tecidos e recortes geométricos referenciando a vanguarda modernista da arte. É com esse mix (tecnologia têxtil, interpretação das demandas do momento e inspirações no mundo das artes) que Costa atualiza o minimalismo que sempre serviu de princípio guia para a marca.

Clique em nossa galeria para ver looks selecionados da passarela da grife, em desfile realizado nesta quinta-feira (11.09), na semana de moda de Nova York: