No inverno 2021, a Chanel nos convida a entrar no universo cool da mulher atual que inspira Virginie Viard a cada nova coleção. É notório que, a cada temporada, desde que assumiu o posto de diretora criativa, Virginie traz uma simplicidade altamente desejável para os códigos de Coco: o logo, o número 5, o tweed e a camélia se firmam como hit inegáveis.

Em um filme “front and behind the scenes” de Inez & Vinoodh, um retrato do desejo de festejar que sentimos, das secretas noites de efervescência, do mistério das chapelarias, do camarim, de portas e escadas que levam ao desconhecido.

Uma atmosfera perfeita para as silhuetas translúcidas do início que vão ganhando peso de jumpsuits, ombros bem marcados e uma esperta utilização de animal print, tudo orientado pela década 70. O conforto esportivo ainda se mantém presente no relaxamento dos uniformes de trabalho. Blazers e jardineiras, assim como os bottoms que seguem com em cintura baixa, são combinados às botas quentes e flats.

O clima noturno e festivo dos bordados e tecidos brilhantes da coleção se destacam, assim como as pelúcias fake que em clássicos tailleur e longos casacos conferem uma pitada de humor a cena. Dualidades e contrastes amarram a coleção, das cores vibrantes ao dark, da sensualidade ao conforto, do esportivo ao glamuroso, diversidade é o que não faltará em breve nas araras da label.

Veja na galeria 10 looks que amamos da apresentação, realizada de forma virtual nesta terça-feira (09.03), na semana de moda de Paris: