Bernard Arnault, presidente e CEO do grupo LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton/Foto: Reprodução

O periódico semanal especializado em negócios Challenges acaba de divulgar sua lista anual das 500 maiores fortunas da França. Executivos dos mercados de moda e beleza continuam liderando o ranking.

Mais uma vez, Bernard Arnault, presidente e CEO do grupo LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton, encabeça a seleção de bilionários, com uma fortuna estimada em US$ 21 bilhões (R$ 52 bilhões). Em segundo lugar está Gérard Mulliez, patriarca da família que controla um do maiores grupos varejistas do mundo, o Auchan, com um patrimônio de US$ 22 bilhões (R$ 44 bilhões).

As famílias Dumas, Puech e Guerrand, que controlam a Hermès International, subiram uma posição no ranking, com US$ 21 bilhões (R$ 42 bilhões). Já Liliane Bettencourt, da L’Oréal, ficou em quarto lugar, com US$ 18 (R$ 36 bilhões).

François Pinault, que controla o grupo PPR (Gucci e YSL, entre outros), ocupa a sexta posição com estimados US$ 7 bilhões (R$ 14 bilhões). No oitavo lugar está Alain Wertheimer, dono da Chanel, com US$ 6 bilhões (R$ 12 bilhões).

Outros grandes nomes da moda que também apareceram na lista são a família Cassegrain, donos da Longchamp – em 55º, com US$ 919 milhões (R$ 1,8 bilhão) – e Thierry Gillier, fundador da Zadig & Voltaire – em 104º, com US$ 514 milhões (R$ 1,3 bilhão).