Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A área do corpo em foco nesta temporada é sem dúvida a clavícula. Exibida no vestido de tricô sem mangas do Proenza Schouler, ou deixado à mostra em um bustiê Dior, o colo é o local mais sensual do corpo feminino no pre-fall 2020. A tendência surge como resposta moderna a todas as mangas bufantes da época Vitoriana que domiram a moda nos últimos anos, e uma volta à conscientização corporal do final da década de 90.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

O colo á mostra vem com força em diversos modelos, tais como vestidos cocktail e em uma série de looks fluidos para festas, com um toque do glamour do rock & roll.  Os designers estão adotando comprimentos menores pela primeira vez em anos, uma silhueta da linha “A” muito elegante e própria para um eventos noturnos, perfeitos para serem usados com sapatilhas. MoschinoRalph LaurenEmilia WicksteadKhaite e Brandon Maxwell são alguns nomes que incluíram a tendência a suas coleções.

Veja como adotar a tendência ao seu dia a dia:

Canoa

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O decote canoa é uma ótima pedida as mulheres que não se sentem confortáveis com um decote mais profundo e mesmo assim querem aderir à tendência. No vestido à esquerda, Ralph Lauren deixa os ombros à mostra em um vestido curto em tons neutros. Já no no segundo look, à direita, Proenza Schouler mostra uma bata personalizada com uma manga comprida por baixo da peça.

Estampas

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As estampas são perfeitas para distrair a atenção do colo exposto, e dá uma quebra na sensualidade com uma pegada mais divertida e despojada. No primeiro look, à esquerda, a Moschino usa e abusa das cores com uma pegada nos anos 1960, no look é repleto de volumes e recortes. À direita, a Monse traz a quadra de squash para o mundo fashionista, com estampa que faz referência às manchas deixadas na parede pela bola do esporte.

 Black dress

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No little black dress a brincadeira está no jogo de “mostra e esconde”: um corte profundo com mangas bufantes ou até mesmo recortes que trazem dois pontos focais ao look. À esquerda, a grife Khaite aposta em um ar Vitoriano moderno, com mangas timidamente bufantes e uma saia quase que balone. À direita, Emilia Wickstead opta por uma silhueta mais séria, porém modelando o corpo feminino e favorecendo a sensualidade da peça.

Leia mais:
10 lições de moda tiradas do street style
Combine óculos “power” com ótima alfaiataria
T-shirt no trabalho: torne o office look mais despojado