Foto: Pascal Le Segretain/Getty Images

A partir de um ovo Fabergé que Richard Burton presenteou Elizabeth Taylor, o diretor criativo Olivier Rousteing desenvelvou a coleção de inverno 2012/13 Balmain, no melhor clima “Da Rússia com amor”.

Apesar de Rousteing ter uma forte visão 80’s, na passarela ele imprimiu um olhar mais fresco sob o glamour e glitter exagerados. Sua inspiração foi traduzida em pérolas, que reluziam nos looks bem estruturados, que também ganharam um denso trabalho de bordado, e estampas de flores de estilo russo, feitas em ponto cruz.

Havia também uma certa influência do universo masculino, vista nos looks com calças, que surgiram em modelagem skinny e outra mais folgada, como pantalona; em diferentes tecidos, como couro e veludo. Os tops sem manga, abotoados, trouxeram um ar militarista ao desfile.

A silhueta sexy, bem consciente do corpo, já característica da marca, continua presente nesta coleção, mas de forma mais chique e sutil, de forma que, neste ano em que Olivier Rousteing ocupou o lugar de Christophe Decarnin na Bailman, a grife francesa conseguiu se manter ainda mais forte, agradando sua clientela oligarca.

Confira as imagens, na galeria abaixo!