Givenchy - Inverno 2014

Segundo Riccardo Tisci, “a força das ciganas encontra o romantismo vitoriano”, na coleção de inverno 2014 da Givenchy, apresentada nesse domingo (03.03), em Paris. E com Antony Hegarty, conhecido por seu visual transgênero, soltando a voz dramática ao vivo, Tisci criou o clima perfeito de beleza estranha que conduziu a coleção.

Tisci passa longe do literal para representar dois universos tão diferentes. Em vez disso, ciganos e vitorianos são representados de forma poética e sentimental, com muitas peças must-have e até o Bambi, de Walt Disney, no meio da coisa toda.

O desfile é aberto com uma série de moletons deluxe – de renda e neoprene -, estampados com o personagem cartunesco, que aparece cortado ao meio e misturado com o que parece ser uma pintura clássica. Cintinhos finos engancham as cinturas e saias de seda transparente, delicadíssimas e pelos joelhos, completam o look.

A mistura de clássico com o agressivo, pontuado por peças de pegada street, é exercitada o tempo todo na coleção, a exemplo das jaquetas biker de couro e veludo, em preto ou com estampas florais saturadas, combinadas com saias fluidas e transparentes.

Um xadrez de perfume grunge se mistura com flores rosadas, enquanto saias lápis de couro e babados à la cigana são abertas na frente por zíperes de alma punk. Tisci reinventa o peplum com uma camada de couro, de estilo similar ao das jaquetas, que arremata os quadris de diversos looks, reforçando a natureza romântica e feminina da coleção, sem perder a atitude.

Um dos higlights está na série de tricôs e moletons deluxe de shape oversized, combinados com saias longas – mais grunge! Natalia Vodianova encerra a sequência – e o desfile – com uma versão decorada por rosas paetizadas na parte de cima e de baixo, deixando as pernas totalmente à mostra. Uma proposta ousada de Tisci para o look festivo.