Quais são as peças-chave para criar um look sensual? Para responder essa pergunta, pedimos ajuda aos nossos stylists. Cada um deles elegeu um item do guarda-roupa que faz toda a diferença. Confira abaixo as escolhas!

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Blazer por Marcio Vicentini
“Me inspirei na história da socialite americana – e cliente fiel de Yves Saint LaurentNan Kempner, que, em 1968, foi proibida de entrar no restaurante La Côte Basque, em Nova York, pois estava de calças. A solução dela foi simplesmente tirá-las e fazer de seu blazer um vestido. Diferentemente do que se pensa, formas amplas e até oversized podem ser muito mais sexy do que aquelas superjustas e de comprimento míni. Esse episódio ilustra bem isso. Mais do que roupas, sensualidade tem a ver com atitude e comportamento. Para mim, a chave está na segurança que a mulher transmite com aquilo que veste. E alfaiataria e cores escuras são infalíveis nesse sentido. Para não deixar tanta pele à mostra, escolhi uma bota over the knee, que imprime ainda mais poder e um que fetichista. Mas, no dia a dia, uma saia lápis ou uma pantalona de alfaiataria cumpre o mesmo papel perfeitamente.”

94-97---ESTILO_STYLISTS-2

Saia transparente por Giovana Refatti
“Escolhi uma peça que já é sexy por natureza e, justamente por isso, pede um exercício de styling mais elaborado. A primeira indicação é fugir dos comprimentos muito curtos. Como a saia já revela boa dose de pele, as mídi ou até mesmo as longas garantem que você estará sempre do lado seguro da linha tênue entre o sensual e o vulgar. O próximo passo é completar o look com peças mais sóbrias, como alfaiataria, ou esportivas. O colete de tricô alongado sobre top pode muito bem ser usado com camiseta ou camisa, dependendo da ocasião. O importante é manter o equilíbrio na imagem. Os tons neutros do preto e do branco ajudam a manter a leveza mesmo com acessórios pesados, como a sandália plataforma, item indispensável nesta estação. Mas, mais importante, é se sentir confortável com o que está vestindo. Sem isso, não existe roupa ou look sexy.”

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Blusa de seda por Lucas Boccalão
“Existe certo pudor e preconceito com a transparência, muito mais do que com fendas e decote, que são mais bem aceitos tanto pelas mulheres quanto pelos homens. Acontece que as chances de errar com esses dois elementos, digamos, mais populares, são maiores.
A transparência expressa uma sensualidade mais elegante, principalmente quando em peças clássicas, como a blusa. Para reforçar ainda mais essa imagem, calça ampla de alfaiataria e sapatos baixos são bem-vindos. E, se o look imprimir masculinidade, basta uma estola de pele ou uma pelúcia para ganhar sofisticação – elas servem também como elementos para o jogo de esconde e revela. Outro acessório que agrega ao coeficiente sexy são as gargantilhas, super em alta no momento. Com leve ar fetichista, acentuam as linhas do pescoço e da nuca, duas zonas erógenas pouco exploradas.”