Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O spinning, uma das aulas de exercícios mais populares para a queima calorias, pode causar lesões semelhantes às que ocorrem após um acidente de carro. De acordo com uma nova pesquisa, o treino de alta intensidade, que faz você pedalar em ritmos diferentes sem sair do lugar, é particularmente perigoso para os praticantes de primeira viagem, pois pode resultar em rabdomiólise.

Rabdomiólise é uma condição grave que é causada por um músculo lesionado, de acordo com o “American Journal of Medicine”. Ela ocorre por falta de oxigênio, o que faz com que os músculos se rompam. Em casos mais graves, isso pode levar a insuficiência renal ou parada cardíaca. Isso ocorre porque dois dos maiores músculos do corpo (quadríceps e glúteo máximo)  são usados com um ritmo muito intenso.

A mesma condição é geralmente encontrada em vítimas que sofreram uma lesão por esmagamento, queda ou acidente de carro.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Instagram/Reprodução
Foto: Instagram/Reprodução

No entanto, para a maioria das pessoas, a rabdomiólise não é um problema se o seu corpo estiver habituado a se exercitar. Para aqueles que não se exercitam regularmente e participam de uma aula de spinning ou outro treino de alta intensidade de vez em quando, a condição pode causar sérios efeitos colaterais.

Médicos recomendam começar a rotina fitness de forma mais suave, com uma sequência de baixa intensidade e, em seguida, aumentar à medida em que seu corpo se acostumar com o treino.

Leia mais:
Dieta: 14 lanches com menos de 100 calorias para beliscar
Banho quente queima tantas calorias quanto fazer exercícios, segundo pesquisa
Três dicas para treinar nos dias frios e manter o foco