Massagem facial - Foto: Divulgação
Massagem facial – Foto: Divulgação

Foi-se o tempo em que fazer uma massagem era sinônimo de sair com a pele toda marcada e, pior, sair com mais dores ou incômodos do que quando você se propôs a relaxar.

Atualmente, pacotes combinados com diferentes técnicas são capazes de oferecer não apenas alívio físico, mas um tratamento completo que contempla, inclusive, um encontro da mente com uma plena situação de prazer.

De acordo com Nayara Medeiros, supervisora técnica e massoterapeuta do Buddha Spa, é importante entender como cada terapia funciona para poder tirar o máximo da experiência relaxante a fim de que ela tenha um efeito mais duradouro e eficaz.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Ofurô + Ayuvérdica

Reflexologia - Foto: Divulgação
Reflexologia – Foto: Divulgação

O banho de imersão no ofurô possui rosas que flutuam na água como parte do tratamento, não é apenas para deixar mais bonito. Unidas à temperatura perfeita – algo em torno de 38ºC a 40ºC – elas têm propósitos relaxantes. A imersão alivia as tensões e prepara o corpo para outros procedimentos, como uma sessão de massagem Ayuverdica, que combina deslizamentos com alongamentos.

Shiatsu facial + relaxante + reflexologia

Massagem relaxante - Foto: Divulgação
Massagem relaxante – Foto: Divulgação

Com duas horas de tratamento, seu corpo sai totalmente revigorado após três procedimentos combinados. O shiatsu fácil, que leva 30 minutos e consiste na aplicação revezada de um tecido embebido em chá de camomila ora quente, ora frio, aliado a uma massagem facial, oferece descanso para a pele e ainda aguça a sensação de relaxamento.

Na sequência, estenda essa sensação com uma massagem corporal relaxante, de 60 minutos. Essa união de procedimentos dá a quem os recebe uma percepção de como todos os músculos do corpo estão sendo tomados por descanso. Para finalizar esses 90 minutos, uma sessão de 30 minutos de reflexologia, cuja pressão em pontos específicos nos pés remetem a partes e órgãos do corpo todo, finda o tratamento.

Obviamente, essas sugestões podem ser alteradas com outras combinações. Por exemplo, o shiatsu corporal [que aplica pressão das mãos e braços do massoterapeuta ao corpo, e cuja intensidade pode e dever ser acertada com quem recebe a massagem] também pode ser aliado ao shiatsu facial. É importante lembrar que o shiatsu corporal possui vários períodos e pode ser feito em 30 min, 45 min, 60 min ou 90 min.

Vela e óleos

Massagem com vela - Foto: Divulgação
Massagem com vela – Foto: Divulgação

Todos os procedimentos do Buddha Spa contemplam a utilização de aromas e óleos, que pode ser extraído de velas acesas. Não se preocupe, esse auxiliar de terapia não causa nenhum incômodo, apenas prazer.

Nayara dá uma orientação importante: “É importante que o shiatsu corporal sempre seja a primeiro procedimento no caso de terapias combinadas, pois a técnica da pressão nos pontos de tensão faz com que os músculos fiquem mais relaxados e potencializa o efeito de outras massagens.

Leia mais:
Mapa das emoções: sete sensações e 38 florais para cuidar de cada uma delas
Três dicas para dormir melhor
Beleza “faça você mesma”: quatro influencers que propagam receitas caseiras