Busca Home Bazaar Brasil

Três dicas para cuidar dos fios antes do clareamento

Quer ficar loira para o verão? Faça isso com segurança

by Anna Paula Buchalla
Jennifer Lawrence - Foto: Arquivo Harper's Bazaar

Jennifer Lawrence – Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Estamos a pouco mais de dois meses para a estação do sol e do calor, onde os cabelos ganham tons mais claros e iluminados. Até lá, ainda dá para protegê-los da química que está por vir no processo do clareamento. Confira as dicas do hairstylist Marcelo Brito, do Studio Lorena, nos Jardins, em São Paulo:

Use coloração no lugar do tonalizante
Se você quer segurar mais uns meses antes de fazer o reflexo, mas precisa esconder os fios brancos até lá, a dica é não tonalizar, mas usar tintura. “O tonalizante quando deixado por mais de 25 minutos, oxida o fio. E esse é o mínimo que deve ficar para cobrir os brancos. Na verdade, essa oxidação acaba escurecendo demais o cabelo: um loiro escura vira castanho, por exemplo, e no próximo reflexo pode acabar alterando a cor”, ensina Marcelo Brito. “A coloração ainda é a melhor alternativa. Aquela história de que estraga o cabelo e resseca o fio é coisa do passado, ela tem ótima cosmeticidade”.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Aline Weber - Foto: Arquivo Harper's Bazaar

Aline Weber – Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Opte pelos loiros mais naturais
“As tendências apontam para os loiros mais invernais, apesar do verão. Viemos de uma onda recente de loiros muito claros e platinados. Isso acabou e agora é hora de aderir aos castanhos iluminados, aos tons mais amendoados”, dá a dica o cabeleireiro do Studio Lorena. Os loiros dourados seguem em alta, mas com a raiz natural e tons mais quentes de loiro apenas no resto do comprimento.

Michelle Williams - Foto: Arquivo Harper's Bazaar

Michelle Williams – Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Comece a hidratar desde já!
As máscaras capilares naturais e veganas estão mais potentes do que nunca, e com ingredientes que não agridem os cabelos. “Recomendo os tratamentos das italianas Davines e Previa. Nenhuma delas tem derivados do petróleo, tensioativos químicos, conservantes e corantes artificiais. Não são apenas naturais, mas eficazes, deixando a fibra hidratada e preparada para combater o ressecamento inevitável que vem com a descoloração”, diz Marcelo Brito.

Leia mais:
Flavia Alessandra inaugura salão de beleza
Corte chanel está de volta e faz a cabeça das fashionistas
Loira ou morena? 11 famosas que mudaram a cor do cabelo
Depois de dominar os makes, técnica “strobing” ganha os cabelos