Chapada dos Veadeiros é destino para espíritos aventureiros

Saiba o que fazer no planalto goiano

by Camila Neves
Foto: Pílulas de Viagem

Foto: Pílulas de Viagem

Espírito aventureiro e bom preparo físico são essenciais para quem quer aproveitar o melhor da Chapada dos Veadeiros, área de natureza incrivelmente bruta no planalto goiano.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A 220km de Brasília, Alto Paraíso e São Jorge são algumas das portas de entrada para o parque e suas respectivas trilhas que levam às vedetes do passeio: rios, piscinas naturais e cascatas com quedas majestosas.

É preciso dirigir e caminhar por horas para chegar em cada um dos cartões postais. Os mais conhecidos? As cachoeiras de Santa Barbara, do Prata e da Capivara, o complexo de cascatas Loquinhas, as crateras do Vale da Lua e os cânions do Rio Preto – todos rodeados pela vegetação do Cerrado.

Foto: Pílulas de Viagem

Foto: Pílulas de Viagem

A chapada também atrai místicos em busca de experiências transcendentais, portais para outras dimensões e até contato com extraterrestres. Tudo por conta da presença de energéticas minas de cristal e da localização estratégica: quase na mesma latitude da mítica cidade inca de Machu Picchu, no paralelo 14.

Não precisa acreditar para achar no mínimo interessante a quantidade sem fim de casas em forma de pirâmide e discos voadores, e de terapias e outras atividades alternativas como reiki, yoga e exercícios de respiração. Tudo muito, mas muito zen. Fique ligado: viajar na época seca, de maio a setembro, é um espetáculo – o sol nunca para de brilhar.

Veja o que fazer por lá:

Cachoeiras

Foto: Pílulas de Viagem

Foto: Pílulas de Viagem

As principais são as de Santa Barbara, do Prata e da Capivara. Prepare roupas leves e um tênis confortável para as atividades do dia. Biquíni ou maiô também são obrigatórios, já que é irresistível banhar-se em um dos poços de água cristalina do caminho. Dica: chegue cedo nas cachoeiras. O tom da água pela manhã é mais bonito; à medida que os turistas chegam, a água fica turva, misturada com areia.

Se jogar em uma das centenas de trilhas

Foto: Pílulas de Viagem

Foto: Pílulas de Viagem

Programa obrigatório! Há desde as de nível muito leve, como a da Seriema (800 metros percorridos em 1h30, que levam ao Córrego Rodoviarinha), as moderadas como a dos Cânions (12 km até a cachoeira da Carioca, Cânion II, Rio Preto e Cânions de Pedra) e as de nível muito pesado — é o caso da Travessia das Sete Quedas (dois dias de caminhada para percorrer nada menos que 24 km!).

Vale da Lua

Foto: Pílulas de Viagem

Foto: Pílulas de Viagem

O conjunto de formações rochosas escavado pelas águas do Rio São Miguel ganhou o nome pela aparência lunar das pedras que também abrigam piscinas naturais e pequenas cascatas. A paisagem é realmente de outro mundo! Não estranhe as placas proibindo tomar banho nu, pois o naturismo é bastante praticado na região. Ter um carro disponível pode facilitar – e muito – a vida de quem não está disposto a fazer as longas caminhadas que podem levar dias, ou simplesmente quer otimizar o tempo, sem perder os principais pontos da viagem.

Experiência musical e espiritual na Gota

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Em Alto Paraíso. Tem música, meditação, transe, reflexão… Esteja aberto a novas experiências, a evoluir o subconsciente e ao novo, sem pé atrás nem julgamentos.

Risoto no Santo Cerrado
A especialidade do restaurante são os risotos, feitos com autêntico arroz italiano e as delícias do Cerrado. Destaque para os sabores “Goiano do Pé Rachado” feito com frango e pequi e “Caipira”, com lingüiça, queijo e bacon.

Hospedagem no Paraíso dos Pândavas

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Aberto o ano inteiro, este ioga resort fica em uma área de 400 hectares de cerrado preservado com cachoeiras e mirantes. Os retiros para pessoas de todas as idades, sem necessidade de qualquer experiência prévia em yoga ou meditação, são famosos e contam com trilhas pela natureza, banhos de cachoeira, canto de mantras, técnicas de meditação e práticas de ioga, é claro.

Leia mais:
Royal Clippers: Bazaar faz um passeio no maior veleiro do mundo
Day use: dê um mergulho no mar com luxo no litoral sul de São Paulo
Polinésia Francesa surpreende e se destaca como paraíso para a lua de mel