Chiara Gadaleta é a nova embaixadora do #Action4Climate

Empresária difunde a urgência de empresas de se comprometer publicamente com a redução das emissões de carbono

by redação bazaar
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A empresária especialista em moda e sustentabilidade Chiara Gadaleta acaba de aderir à campanha #AceitaEstaCaneta, e será embaixadora do #Action4Climate. Chiara e o Movimento EcoEra irão engajar as empresas do setor da moda e difundir o movimento global, mostrando para as empresas do setor da moda a urgência em se comprometer publicamente com a redução das emissões de carbono.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A frente de ação #Action4Climate reúne os projetos e iniciativas da Rede Brasil do Pacto Global na área do clima. A mobilização faz parte de em um esforço conjunto para a redução das emissões de gases de efeito estufa e, com isso, contribuir para que o aumento da temperatura da terra não ultrapasse 1.5°C, na comparação aos níveis pré-industriais.

“Estamos trabalhando junto às empresas e acreditamos que a moda pode se tornar uma grande propulsora e espalhar a urgência em relação as alterações climáticas. A moda vem dirigindo esforços para medir seus impactos e investindo em soluções e tecnologias para a redução”, diz Chiara. Malwee, Klabin S. A. e Natura são as três empresas brasileiras que aderiram à campanha global.

Sobre a Rede Pacto Global
A Pacto Global é uma Iniciativa das Nações Unidas para a adoção dos 10 princípios do Pacto Global da ONU. No Brasil, está vinculado ao PNUD e defende princípios derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção.

Sobre o EcoEra
O Movimento EcoEra foi criado em 2008 pela consultora de moda especialista em sustentabilidade Chiara Gadaleta. Desde a criação, o principal desafio do movimento foi integrar o mercado de moda, beleza e design a questões sociais e ambientais por meio de um conjunto de atividades, práticas e ações que aproximassem toda a cadeia produtiva da moda à sustentabilidade ambiental, social, econômica e cultural. Esse esforço ajudou esses mercados a quebrar paradigmas e a inaugurar um novo capítulo em sua história, onde toda a cadeia – indústria, marcas, estilistas, arquitetos e público final – se unem para criar uma cadeia mais consciente, em que ética e estética possam andar lado a lado.

Leia mais:
Algodão brasileiro: a pluma sustentável
EcoEra cria a plataforma “A Moda pela Água”
AMARO Cares: conheça o novo projeto sustentável da marca