Carol usa vestido Bottega Veneta, joias de seu acervo pessoal e botas Lanvin - Foto: Christian Maldo
Carol usa vestido Bottega Veneta, joias de seu acervo pessoal e botas Lanvin – Foto: Christian Maldo

Bastaram algumas temporadas na casa da amiga-irmã Sharon Stone (sim, ela mesma, a atriz), em Los Angeles, para Carolina Andraus se deixar levar pelos encantos da vida livre, leve e solta da costa oeste americana. Da ioga para alongar e acalmar ao bullet proof coffee para energizar, da troca do salto pelo tênis para as longas caminhadas a pé, Carol “resetou” o seu way of life anterior e assumiu um estilo mais minimalista – e com menos amarras também.

“Foi uma transformação fundamental em minha vida”, conta ela, que adaptou a referência californiana para sua casa, no coração do Jardim Europa, em São Paulo. “É um refúgio de bem-estar que divido com meus três cachorros, muitos amigos e muita alegria de viver”, define.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Livro On Yoga, de Michael O'Neill, com colar vintage comprado na Índia e colar de tigre Lanvin - Foto: Christian Maldo
Livro On Yoga, de Michael O’Neill, com colar vintage comprado na Índia e colar de tigre Lanvin – Foto: Christian Maldo

A jornada transformadora de Carol começou seis anos atrás, depois de sofrer um burnout – condição psicológica séria, que afeta as funções cognitivas, resultado de anos de stress acumulado. “Eu era workaholic, trabalhava mais de 16 horas por dia, fazia as coisas em uma velocidade absurda e acabei me perdendo de mim mesma, perdi contato com minha força interior”, relembra a empresária.

 Bolsa Prada, anel Bulgari e bracelete Chanel - Foto: Christian Maldo
Bolsa Prada, anel Bulgari e bracelete Chanel – Foto: Christian Maldo

Na rota para se reconectar, ela se matriculou no OPM (Owner & President Management), um máster de três anos para CEOs e empresários na Universidade Harvard, nos Estados Unidos, em 2014, onde se formou no ano passado. “Minha força sempre veio do intelecto, é onde está minha energia mais potente”, conta Carol, que, formada em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas, acabou montando uma startup e criou um aplicativo de serviços financeiros voltado ao mercado de luxo, que possibilita pagamentos à distância pelo celular.

 Obra de Abraham Palatnik na sala de jantar - Foto: Christian Maldo
Obra de Abraham Palatnik na sala de jantar – Foto: Christian Maldo

Foram alguns anos de uma vida estritamente solo, mas, uma vez pronta internamente, ela se reconectou com os amigos e, hoje, um de seus grandes prazeres é recebê-los em casa. “Foi uma jornada difícil, tem de ter muita coragem para romper com tudo e com todos, mas a recompensa vem a seu tempo”, afirma.

E veio para ela. Carol deixou para trás uma estrutura mega (eram 106 empregados nas casas que administrava ao lado do ex-marido) e adotou um estilo de vida millennial, como ela define. “Estou superminimalista, não preciso de muitas coisas e isso também me trouxe mais tranquilidade e leveza.”

Carol usa vestido Bottega Veneta, joias de seu acervo pessoal e botas Lanvin - Foto: Christian Maldo
Carol usa vestido Bottega Veneta, joias de seu acervo pessoal e botas Lanvin – Foto: Christian Maldo

Agora, tem apenas uma funcionária em meio período e um jardineiro que ela chama quando precisa. “Nada paga o preço de ter uma casa mais minha, aberta aos amigos, onde preparo minhas refeições, tomo café ouvindo os passarinhos cantarem e escolho a minha trilha sonora. Minha vida é movida a playlists, tem de ter música sempre. Ligo o som quando acordo e assim vai o dia todo”, diz Carol.

Na cadeira Niemeyer, ela usa vestido Rachel Zoe na NK Store, joias de seu acervo pessoal e sandálias NK - Foto: Christian Maldo
Na cadeira Niemeyer, ela usa vestido Rachel Zoe na NK Store, joias de seu acervo pessoal e sandálias NK – Foto: Christian Maldo

Também vêm da Califórnia, meca da dieta saudável, seus hábitos alimentares frugais. Na cozinha totalmente aberta para a sala, Carol prepara pratos para familiares e amigos de forma muito rápida e prática, mas sempre com ingredientes frescos e orgânicos.

Carol usa body Pade D, saia Balmain e joias de seu acervo pessoal. No forno, bolsas Fendi - Foto: Christian Maldo
Carol usa body Pade D, saia Balmain e joias de seu acervo pessoal. No forno, bolsas Fendi – Foto: Christian Maldo

Tanto nas receitas como no décor, ela migrou do estilo francês para o ítalo-brasileiro. “Decorei minha casa em 15 dias, foi praticamente um milagre”, brinca.

Na varanda, que funciona como extensão da sala, o mobiliário é mais leve e claro, e tem xodós como a cadeira Niemeyer, onde ela se senta olhando para o jardim e faz suas orações.

Clutch, caneta e broche de estrela Azzaro - Foto: Christian Maldo
Clutch, caneta e broche de estrela Azzaro – Foto: Christian Maldo

Carol aprofundou sua espiritualidade nos tempos de mudança interna, leu a Bíblia inteira no ano passado e, diariamente, recorre a pequenos trechos dela como forma de sabedoria para enfrentar o dia a dia.

Aos 44 anos, Carolina Andraus tem uma beleza fresh, natural, sem esforço – e, ao mesmo tempo, estonteante. “Não tomo sol desde os 22 anos e sou muito disciplinada com a minha pele.” Sua receita? “Muito creme La Mer e o ultrassom microfocado Ulthera uma a duas vezes ao ano.”

Espelho côncavo e fotografia de Frank Thie - Foto: Christian Maldo
Espelho côncavo e fotografia de Frank Thie – Foto: Christian Maldo

Nada de preenchedores faciais nem botox. Ela toma suplementos como Chlorella, DHEA e CBD (um derivado de cannabis medicinal que melhora a qualidade do sono), ashwagandha (erva ayurvédica adaptogênica, boa para tudo, nunca ouviu falar?), faz jejum intermitente de vez em quando, dorme religiosamente nove horas por noite e pratica ioga e musculação para manter o corpo e a mente sãos.

Não importa se é do lado de lá ou do lado de cá do oceano: a vida, para Carol, ficou infinitamente mais bela.

Fotografia de Mario Testino e escultura de Dan Fialdin - Foto: Christian Maldo
Fotografia de Mario Testino e escultura de Dan Fialdin – Foto: Christian Maldo

Leia mais:
Decoração: renove a sua casa com cores vibrantes