10 nomes da moda que fazem a diferença no meio ambiente

Entre brasileiros e estrangeiros, descubra quem levanta a bandeira da sustentabilidade

by Beatriz Poletto
Clique de editorial sobre moda sustentável da Harper's Bazaar UK, de dezembro de 2017 - Foto: Arquivo Bazaar

Clique de editorial sobre moda sustentável da Harper’s Bazaar UK, de dezembro de 2017 – Foto: Arquivo Bazaar

No dia mundial do meio ambiente, comemorado nesta terça-feira (05.06), selecionamos 10 nomes da moda que fazem a diferença quando o assunto é sustentabilidade

Chiara Gadaleta

Chiara Gadaleta - Foto: Reprodução/Instagram

Chiara Gadaleta – Foto: Reprodução/Instagram

Especialista em consumo consciente, Chiara Gadaleta criou o portal Ecoera, focado em conectar indivíduos, empresas e terceiro setor em torno do consumo consciente. Seu Portal EcoEra reúne marcas de moda, design e beleza focadas em questões sociais e ambientais.

Christopher Raeburn

Christopher Raeburn - Foto: Divulgação

Christopher Raeburn – Foto: Divulgação

A marca de Christopher Raeburn obedece a regra dos quatro R’s: Reciclar, Reduzir, Refazer e Raeburn, que é o conceito criado pelo estilista para sua vibe sustentável. A fascinação de Christopher por materiais militares e roupas utilitárias o levaram a desenvolver sua primeira coleção em 2010, desconstruindo materiais usados e os transformando em um vestuário único e ético.

Donatella Versace

Donatella Versace - Foto: Reprodução/Instagram

Donatella Versace – Foto: Reprodução/Instagram

Em março de 2018, Donatella Versace deu um grande passo para a relação entre o meio ambiente e sua marca. A designer italiana afirmou não ser necessário matar animais para fazer moda, banindo o uso de pele em suas coleções. Como uma maison conhecida pelo luxo e o exagero, sua decisão foi um impacto no mundo fashion.

Flavia Aranha

Flavia Aranha - Foto: Divulgação

Flavia Aranha – Foto: Divulgação

A marca brasileira Flavia Aranha nasceu em 2009, com princípios ambientais, para produzir uma moda sustentável. Entre seus valores, a marca se preocupa desde a matéria prima até o consumidor final, colocando o ecossistema em primeiro lugar.

Gisele Bündchen

Gisele Bündchen pede por um mundo sem poluição plástica - Foto: Reprodução/Instagram

Gisele Bündchen pede por um mundo sem poluição plástica – Foto: Reprodução/Instagram

Embaixadora das Nações Unidas para o meio ambiente, Gisele Bündchen utiliza as redes sociais para incentivar o cuidado com o meio ambiente. Nesta terça, ela postou um vídeo em seu perfil na rede social Instagram alertando sobre a poluição plástica no planeta e como ele afeta o oceano, matando os animais. Ativista, a modelo lidera movimentos contra o abuso do meio ambiente.

Osklen

Osklen - Foto: Divulgação

Osklen – Foto: Divulgação

A Osklen utiliza materiais inovadores e sustentáveis em suas coleções, que têm conceitos integram natureza, cultura e sociedade. Oskar Metsavaht, que comanda a marca, é ambientalista e patrocina o projeto A21, que desenvolve produtos a partir de pele de pirarucu e salmão, confeccionados por práticas sustentáveis. Na última edição do SPFW, a Osklen também apresentou a coleção ASAP – As Susteinable as Possible – usando 98% de material reciclável e sustentável.

Ronaldo Fraga

Ronaldo Fraga - Foto: Reprodução/Instagram

Ronaldo Fraga – Foto: Reprodução/Instagram

Em seu último desfile no SPFW, o estilista emocionou o mundo ao apresentar uma coleção inspirada no renascimento do desastre que atingiu o estado de Minas Gerais, depois do rompimento da barragem de Mariana. Fraga procurou as bordadeiras locais para construir o cenário do desfile, trabalhando com materiais orgânicos e trazendo o artesanato para as passarelas. Em 2015, na coleção “O Caderno Secreto de Cândido Portinari”, utilizou tecidos que se decompunham com o tempo.

Stella McCartney

Stella McCartney - Foto: Divulgação

Stella McCartney – Foto: Divulgação

Segundo a designer, luxo e sustentabilidade ambiental podem coexistir. Vegetariana, Stella McCartney não usa couro ou pele em suas criações. A missão da marca é ser responsável e honesta com meio ambiente. Cada peça que produz é criada a partir de objetivos sustentáveis, como sua longa duração e como ela pode ser desenvolvida para não afetar o meio em que vivemos.

Vivienne Westwood

Vivienne Westwood - Foto: Divulgação

Vivienne Westwood – Foto: Divulgação

A estilista e ativista ambiental Vivienne Westwood luta para mudar o mundo. Seus momentos memoráveis, quando incorporou Margaret Thatcher na capa da revista Tatler em 1989, e ao raspar sua cabeça em 2014 contra o aquecimento global, são um teatro necessário para chamar a atenção do público. Por traz de sua imagem, a designer luta por iniciativas fashion no meio ambiente. Sua melhor frase: “Compre menos, escolha bem e faça durar.”

Zerezes

Zerezes - Foto: Divulgação

Zerezes – Foto: Divulgação

A marca carioca Zerezes produz armações para óculos de sol utilizando materiais de baixo impacto ambiental e de longa duração. A página da marca na internet ainda dá os créditos a todos os participantes do seu sistema de produção. A utilização de madeira reciclada é o foco dos designers da marca.

Leia também:
Versace bane o use de pele em suas coleções
Gisele Bündchen lança desafio pelo fim do uso do plástico
Bolsas sustentáveis: do crochê ao couro de pirarucu