Adriana Degreas, verão 2019 - Foto: Divulgação
Adriana Degreas, verão 2019 – Foto: Divulgação

O sol tem brilhado mais forte para a moda praia brasileira de luxo no cenário internacional. Peças que esbanjam otimismo nas cores, estampas tropicais e uma junção esperta entre detalhes artesanais e visual fashionista estão chamando cada vez mais a atenção de buyers poderosos e celebridades.

Desde que se mudou para Miami, há quatro anos, a estilista Adriana Degreas tem visto suas peças reverberarem por contas bombadas do Instagram. Rosie Huntington-Whiteley, Poppy Delevingne, Suki Waterhouse, Naomi Campbell e Margherita Missoni são fãs do seu bain couture.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Adriana Degreas, verão 2019 - Foto: Divulgação
Adriana Degreas, verão 2019 – Foto: Divulgação

A joalheira Sabine Getty virou a cara e o corpo da coleção feita a quatro mãos com Charlotte Olympia e, por aqui, nomes como Marina Morena e Helena Bordon já fotografaram usando as peças em balneários badalados.

Helena Bordon veste Adriana Degreas - Foto: Divulgação
Helena Bordon veste Adriana Degreas – Foto: Divulgação

A estética impecável, cool e chic, moldada desde que Adriana lançou a marca, em 2001, conquistou espaço internacional ao substituir clichês do segmento por peças com pegada new vintage aliadas ao desejo do momento.

Sofie Valkiers veste Adriana Degreas - Foto: Divulgação
Sofie Valkiers veste Adriana Degreas – Foto: Divulgação

Na coleção deste verão, batizada de “Io Sono Brasiliana”, ela reforça a bossa local temperando tudo com um olhar para as ilhas Capri, além de Portofino e Sardenha nos anos 1960 e 1970.

A atmosfera é de dolce far niente esbanjando glamour retrô, imagem que também está conectada ao seu passado emocional – sua avó teve brechó repleto de peças de grifes, como Emilio Pucci. “A coleção está dividida em quatro partes, e o destaque no beachwear é a construção das peças a partir do desenho de conchas”, explica a estilista.

Referências à de náutilo, por exemplo, surgem, na lycra ouro e prata recortada sobre tule nude. Nos tradicionais biquínis tanguinha e lacinho que recheiam a família “Cinque Terre”, o twist são os tops decotados e detalhes como amarrações lembrando garotas seminuas bronzeando-se no verão europeu.

Sabine Getty veste Adriana Degreas - Foto: Divulgação
Sabine Getty veste Adriana Degreas – Foto: Divulgação

O DNA da marca, entretanto, brilha em construções sofisticadas, como em hotpants matelassadas, maiôs frente-única com nervuras e vazados laterais. O resgate do bojo meia-taça, segundo a estilista, vem sob medida para curtir o sol ou complementar peças extravagantes da linha festa. “São com vestidos, robes e saias que mais crescemos no internacional”, conta Adriana.

Rosie Huntington-Whiteley veste Adriana Degreas - Foto: Divulgação
Rosie Huntington-Whiteley veste Adriana Degreas – Foto: Divulgação

Foi pensando nesse público, que hoje se divide nos 30 países onde a marca está presente e 17 e-shops que comercializam suas coleções – dois deles são Net-À-Porter e Moda Operandi -, que ela recheou a coleção com caftãs em viscose e seda para serem usados com calças palazzo, lembrando musas como Marisa Berenson, e saias com babados à la Sophia Loren nas páginas dos livros de Slim Aarons.

Poppy Delevigne veste Adriana Degreas - Foto: Divulgação
Poppy Delevigne veste Adriana Degreas – Foto: Divulgação

“A experiência no mercado norte-americano tem sido um aprendizado de muito valor”, diz a estilista. Em Miami, seu foco está no trabalho. “Toco praticamente as duas lojas sozinha, além de comandar, à distância, a operação da empresa em São Paulo, mas sem o stress que tomava conta da minha vida pessoal”, analisa Adriana. “Minha cabeça vai além da criação. Quero levar o segmento para o mundo.” She’s ready!

Leia mais:
Carla Bruni: veja cinco lições de estilo da modelo italiana
Jean-Michel Basquiat: veja sete marcas que se inspiraram no trabalho do art