Cinco dicas para comprar bem em brechós

Aprenda o caminho das pedras com Adely Hamoui, fundadora da Reciclaluxo

by Carol Hungria
Foto: Arquivo Harper's Bazaar

Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Com a onda de cuidados com o meio ambiente mais em alta do que nunca, muitas pessoas estão recorrendo aos brechós na hora de renovar o seu closet. Afinal, comprar roupas e acessórios usados ajuda a diminuir o impacto da superprodução de roupas em escala mundial.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Existem dicas valiosas para escolher peças de boa qualidade na hora de comprar itens “second hand”. Adely Hamoui, fundadora da Reciclaluxo, brechó de luxo online que trabalha com peças de marcas como Gucci, Valentino, Longchamp, Celine, Dolce & Gabbana e Chanel – e que doa 100% da renda arrecadada para instituições de caridade, instituições como Ten Yad, de combate à fome – entrega o caminho das pedras. Anote:

1. Se estiver comprando produto de uma grife específica, saiba as características da peça original para poder avaliar a autenticidade da marca ou avalie a reputação do brechó.
2. Avalie as condições das peças a serem adquiridas. Produtos em brechós costumam ter manchas e defeitos. Se informe se o tipo de mancha sai com lavagem.
3. Vestidos, blusas e camisas merecem atenção especial em baixo do braço, pois costuma ficar amarelado com o tempo.
4. Peças com defeitos ou manchadas costumam ter preços menores, avalie se compensa a compra.
5. Na hora de comprar sapatos, sempre verifique o solado, ele indica o tempo de uso.

Leia mais:
Quatro formas de amarrar o lenço com muito estilo
“Iris”: o fashion filme da semana é sobre ser incrível em qualquer idade
Era: grife faz moda com amor e regras sustentáveis