Amber Valletta e Kate Moss – Foto: Divulgação

Como diz a música de Prince tocada antes do início do desfile: o que é esse estranho relacionamento? Este pode ser o primeiro pensamento que vem à cabeça ao imaginarmos uma collab entre Versace, a extravagante e colorida grife comandada por Donatella Versace, e Fendi, que ganhou ainda mais destaque desde a chegada de Kim Jones, mas o desfile que aconteceu no domingo (26.09) prova que a combinação deu certo.

Enquanto Jones criou peças para a Versace, Donatella imprimiu seu estilo único em uma linha para a Fendi e o resultado final é uma coleção pre-fall 2022 que chegará às lojas das marcas em maio. O projeto remete à amizade entre Gianni Versace e Karl Lagerfeld, que foi diretor criativo da Fendi, e, para criá-lo, os atuais criativos mergulharam no arquivo da outra marca para imprimir sua visão sobre os códigos eternizados.

No caso de Kim Jones, o estilista adicionou feminilidade e silhuetas certeiras – tão características de suas criações – às estampas coloridas e à exuberância do ouro características da Versace, a Medusa e o duplo F se mesclando a apresentação toda, que contou com um casting de musas de Jones.

Já na segunda parte do desfile, Donatella imprimiu sua vontade de conquistar a geração Z nas peças da Fendi, com minivestidos, detalhes assimétricos e muito brilho. Destaque para os acessórios, principalmente o cinto com o termo “Fendace“, que tem tudo para se tornar a peça-desejo da temporada.

O casting, claro, foi estrelado. Veja mais na galeria: