Coleção Lisboa, de Mayara Sansana – Foto: Divulgação

Mayara Sansana mais uma vez deixa a sazonalidade de lado e investe em uma coleção atemporal que não segue uma estação. “Lisboa” é uma ode às belezas da capital de Portugal, “uma cidade que tem todo o seu projeto arquitetônico antigo e clássico, mas também tem seu lado de modernidade, com novos prédios e museus contemporâneos”, conta a estilista sobre a inspiração da linha.

Coleção Lisboa, de Mayara Sansana – Foto: Divulgação

A cor batizada de “jacarandá” vem das várias tonalidades de lilás presentes nas flores da árvore homônima originária do Brasil, mas que conquistou um grande espaço em Lisboa. “No hemisfério Norte, elas florescem entre abril e maio, e os moradores de lá dizem que elas são o símbolo de épocas melhores e de alegria”, diz Mayara.

Coleção Lisboa, de Mayara Sansana – Foto: Divulgação

Quem conhece a parte mais antiga de Lisboa sabe que as casinhas em tom ocre dominam a região. E são elas que inspiram esta segunda cor que permeia a nova linha. O tom aparece minimalista, unindo a modernidade ao clássico. Já os jardins marcantes e que são pontos turísticos, como os labirintos do parque Eduardo VII, refletem a terceira cor mais importante da coleção: o verde bandeira.

Coleção Lisboa, de Mayara Sansana – Foto: Divulgação

Outro hotspot de Lisboa para os turistas é o bonde, e ele não fica de fora. Entrando no universo dos bordados pela primeira vez, o conjunto de moletom batizado de “Elétrico” recebe minibondes em toda a sua extensão. “Também temos as estampas de listras, que são muito clássicas, assim como a cidade”, resume Mayara.