Foto: Getty Images

Por Patrícia Carta, Rodrigo Yaegashi e Marcela Palhão

Para o inverno 2020 da linha feminina da Prada, Miuccia opta por dar sequência à temática trabalhadora que foi mote do desfile masculino, apresentado em janeiro. Duas piscinas, armadas na Fondazione Prada, foram palco para uma sequência de looks office. Paletós com gravatas, na grande maioria, serviram de base.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A leveza fez contraponto por meio de transparências usadas sozinhas ou com a alfaiataria severa. Contraste sempre bem trabalhado pela diretora criativa. Saias em tiras também trouxeram frescor para looks mais sérios. Assim como, franjas de canutilhos aplicadas em forma de casacata deram um “quê” western aos casacos e vestidos urbanos. A silhueta anos 1940 ficou marcada por jaquetas de nylon – sempre estufadas, amarradas por cintos finos e saias estreitas.

O esporte apareceu não são nos tecidos, como também em vestidos-regata usados com tênis. Fáceis e confortáveis. Mas ao fim e ao cabo, prevalece a imagem de uma mulher sem excessos, elegante e real. Uma coleção que passa sentido de urgência e não de fantasia, que se apropria do sentido do tempo. De timing, Miuccia entende bem.

Veja dez coisas que amamos na coleção:

As pochetes

Foto: Reprodução/Now Fashion

A peça-desejo desta coleção da Prada são as pochetes. A peça fortemente ligada ao street style ganhou outros ares com os formatos apresentados – redondo ou sextavado – e ficou mais elegante feita em couro e acabamentos dourado.

Franjas

Fotos: Divulgação

Como uma forma menos óbvia de criar um look sensual, franjas longas formavam saias e vestidos, deixando as pernas a mostra de forma discreta. Ao longo do desfile, as peças variavam entre versões mais finas e mais grossas.

Shape

Foto: Reprodução/Now Fashion

Semelhante a um triângulo de ponta-cabeça, um dos shapes que se destacou no desfile da Prada foi o do conjunto da imagem acima: ombros armados e estruturados, cinto marcando o blazer e saia reta.

Camisetão

Foto: Reprodução/Now Fashion

Criando looks mais informais, camisetões foram combinados com saias vazadas e meias-calças coloridas. A grande modelagem foi acinturada com pochetes e as peças também contavam com mangas amplas.

Franjas 2.0

Foto: Reprodução/Now Fashion

Além das franjas feitas com o próprio tecido das roupas, versões feitas com pedras e miçangas criaram detalhes em blusas e vestidos.

Minibolsas

Foto: Reprodução/Now Fashion

Além das pochetes, minibolsas – usadas como colares e nos pulsos – acrescentaram mais delicadeza aos visuais.

Sobreposição

Foto: Divulgação

A sobreposição ganhou uma cara diferente no verão 2020 da Prada: conjuntos de cropped top e saia foram usados sobre camisas sociais sem manga.

Transparência

Foto: Divulgação

A transparência esteve presente em diferentes situações. Em looks mais discretos, como o desfilado por Kaia Gerber, e em visuais mais ousados, em que vestidos leves foram usados sobre tops e meias-calças do mesmo material.

Sapatos

Foto: Reprodução/Now Fashion

Tinham sapatos para todos os gostos: desde versões mais esportivas até peças mais elegantes e outras estampadas.

Sporty

Foto: Reprodução/Now Fashion

Diversos looks ganharam ares mais esportivos com as faixas coloridas, os materiais leves e as cores vivas.

Leia mais:
Pucci: 10 coisas que amamos da collab de Christelle Kocher
Max Mara: 10 coisas que amamos no inverno 2020
Alberta Ferretti: 10 coisas que amamos do inverno 2020