Looks da primeira coleção-cápsula sustentável da Vionnet, lançada em maio de 2018 - Foto: Divulgação
Looks da primeira coleção-cápsula sustentável da Vionnet, lançada em maio de 2018 – Foto: Divulgação

A Vionnet anunciou, na terça-feira (16.10), que estava fechando seus negócios, mas a história não é tão simples assim. Em entrevista ao WWD nesta quarta (17), a empresária cazaque Goga Ashkenazi, diretora da marca com sede e Milão, afirma que a Vionnet vai voltar, só que com uma nova pegada.

“Precisávamos enviar um sinal forte, era necessário fazer uma pausa para passar por uma restruturação enorme, que vai ser uma grande ruptura. Vamos reorganizar toda a nossa produção e nos tornar uma grife eco-friendly, reorganizando a produção, que será mantida na Itália, reforçando a relação com artesãos”, conta Goga.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A empresária Goga Ashkenazi - Foto: Divulgação
A empresária Goga Ashkenazi – Foto: Divulgação

Assim, responsabilidades ecológicas e sociais serão o cerne da nova Vionnet. Em maio passado, a marca já tinha dado um primeiro passo neste caminho, ao criar uma coleção-cápsula com o estilista Marc Quinn, feita de material sustentável e voltada ao universo do surf. Chegaram às araras 340 peças desta linha, com casacos, vestidos, blusas, sweaters, t-shirts e muito mais.

“Ser uma trendsetter, ter o poder de influenciar a decisão dos outros, acho que temos a responsabilidade de nos comprometer a uma causa sustentável e tentar ter um impacto neste mundo”, complementa a empresária.

Leia mais:
Vionnet e Marc Quinn criam coleção sustentável para praia inspirada no surf
O movimento é sexy! O sportswear rompe de vez os limites entre a academia e as ruas