Foto: Harper's Bazaar
Foto: Harper’s Bazaar

Todos sabemos que a dietas radicais são uma ideia terrível! Mas na busca do projeto verão, podemos cometer outros erros que, na melhor das hipóteses, podem dificultar a perda de peso e, na pior das hipóteses, prejudicar nossa saúde.

Gisele Bündchen aparece belíssima em making of de campanha

Bazaar perguntou ao nutricionista Jackie Lynch, quais são alguns erros de dieta mais comuns e sugestões sobre como desviá-los, seja a perca de alguns quilos de maneira saudável seu objetivo ou simplesmente controlar o seu peso atual. Confira a lista de 4 dicas abaixo:

1. Pular refeições

Foto: Harper's Bazaar
Foto: Harper’s Bazaar

Isso pode parecer uma solução lógica e rápida, mas ignorar as refeições confunde seu metabolismo e pode levar a mais ganho de peso a longo prazo. Nosso comportamento alimentar é controlado por hormônios como a leptina, que diz ao seu cérebro se você precisa parar ou continuar comendo; e a grelina que gerencia a fome. O jejum a curto prazo leva a uma queda dramática nos níveis de leptina, indicando um estado de fome no cérebro e estimulando seu apetite. Pular o café da manhã pode parecer uma maneira inteligente de manter as calorias baixas, mas um estudo recente no American Journal of Clinical Nutrition sugere que as pessoas que pulam a primeira refeição do dia, tendem a comer muito mais tarde no dia do que aquelas que comem regularmente o café da manhã, porque os níveis de grelina permanecem sem controle .

Veja como evitar 9 erros que muitas noivas cometem

Solução: De acordo com a pesquisa, um café da manhã com alta proteína é a chave para gerenciar níveis de grelina – optar por um ovo ou adicionar nozes e sementes no cereal pode fazer uma grande diferença para seu controle de apetite.

2. Porções excessivas

Foto: Harper's Bazaar
Foto: Harper’s Bazaar

O tamanho da porção é um dos erros mais comuns quando se tenta manter um peso saudável. Por exemplo, uma porção de cereal padrão fica entre 30-50g, mas a maioria das pessoas tendem a comer muito mais.. Não se trata apenas de uma dieta equilibrada, a proporção correta de cada grupo de alimentos dentro desse equilíbrio é essencial. É perfeitamente possível controlar o ganho de peso, ou perder peso – se esse for seu objetivo – sem eliminar todos os grupos de alimentos, mas simplesmente restringindo as porções.

Leia mais: O poder do mel para a pele

Solução: Leve algum tempo para medir mentalmente registrar o tamanho correto das porções de seus alimentos favoritos. Invista em uma balança de precisão para sua cozinha e prepare suas refeições em casa e com planejamento.

3. Açúcar escondido

Foto: Taíssa Sterim
Foto: Taíssa Sterim

Não é difícil detectar e evitar o açúcar refinado, mas é um equívoco comum pensar que suas alternativas “mais saudáveis” estão liberadas. O único culpado quando se trata de ganho de peso é o excesso de açúcar em qualquer forma, pois gera a liberação de insulina que encoraja o corpo a armazenar gordura. Produtos como mel, frutas secas e suco de frutas estão cheios de armadilhas escondidas, pois contêm grandes quantidades de açúcares em cada porção.

Verão em forma: conheça os 3 tratamentos do momento para eliminar as gordurinhas

Solução: Coma a fruta inteira e evite fazer muitos sucos com elas. A fruta é naturalmente rica em frutose, que é o açúcar de frutas, mas também contém muitas fibras que ajudam a equilibrar esse açúcar –  você perde todos esses benefícios quando tomar apenas o suco. É importante ressaltar também uma regra básica, mas que muita gente esquece de por em prática: ler os rótulos dos produtos e procurar quais são os primeiros ingredientes – que são aqueles que estão em maior quantidade no produto!

4. Não comer gordura suficiente

Foto: reprodução
Foto: reprodução

A idéia de que “comer gordura te faz engordar” é o equívoco mais comum por aí e muitas pessoas ainda enchem automaticamente seu carrinho de produtos com baixo teor de gordura, pensando que isso os ajudará a perder peso. A gordura boa não faz você gordo – faz uma série de outras coisas, como equilíbrio de hormônios, apoio cerebral e função cardíaca, garantindo a absorção de certas vitaminas e produzindo hormônios sexuais. Também é responsável por grande parte do sabor da nossa comida, razão pela qual os fabricantes costumam adicionar açúcar (ou sal) a produtos com baixo teor de gordura, já que o sabor foi removido junto com a gordura. Este é um problema real, pois o excesso de açúcar é o maior fator quando se trata de aumento de peso.

Veja também: Você sabia que a rainha Elizabeth II é dona de um Mcdonald’s?

Solução: Olhe atentamente os rótulos de produtos com baixo teor de gordura para garantir que você não esteja introduzindo açúcar excessivo em sua dieta. Uma colher de chá de açúcar é aproximadamente 4 g, então é simples. Tente optar por alimentos ricos em gorduras naturais, como o azeite de oliva extra virgem e o abacate