SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação/Mariana Caldas

Neste domingo (27.06), chegou ao fim mais uma edição do São Paulo Fashion Week. Com o tema regeneração, o SPFW N51 levantou questões essenciais em tempos pandêmicos através da moda, reforçando mais uma vez o poder de discurso da indústria nacional.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Para encerrar mais um ciclo, veja dez coisas que amamos do último dia de apresentações:

A construção

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação

O trabalho minucioso de construção de peças de Wilson Ranieri, feito através de tecidos e alfinetes na técnica de moulage, direto no manequim, volta às passarelas do SPFW de forma emocionante e impactante.

O caimento

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação/Edu Malta

Estreando no SPFW, a Soul Basico encantou com uma coleção de cores vívidas e roupas com um caimento incrível, com modelagens amplas e sobreposições.

As estampas

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação

Como uma crítica ao atual papel da tecnologia na vida das pessoas, principalmente em tempos de pandemia e desinformação, Victor da Justa criou estampas que criam reflexões sobre o analógico e o digital.

O upcycling

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação/Marina Sapienza

Dando continuidade ao incrível trabalho de crochê, o Projeto Ponto Firme reforça seu lado sustentável com a criação de peças a partir da técnica do upcycling, em que modelos antigos ganham nova vida com o trabalho manual feito por detentos e ex-detentos de um presídio em Guarulhos.

O acabamento

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação/Haryan Buzzo

Renata Buzzo encontrou uma forma incrível de aumentar o reaproveitamento de seu material ao incluir acabamentos, em franjas e outros detalhes, criado a partir de franjas e outros retalhos de tecido. Este tipo de acabamento acrescenta um lindo volume às peças.

Os shapes

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação

Weider Silveiro fez sua estreia no SPFW com os shapes mais interessantes da edição. A mistura de tecidos, texturas, volumes, acinturados e punhos criaram figuras que não passam despercebido por nenhum olhar.

A elegância

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação

Essa mistura de texturas e shape impecável faz com que a coleção tenha uma elegância hipnotizante – mal podemos esperar para termos oportunidade de festejar com os looks.

A história

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação/Adriano Damas

Retornando ao line-up do SPFW, Walério Araujo construiu uma coleção com base na sua trajetória profissional de 30 anos. Assistir à apresentação e perceber os elementos que marcaram a história do estilista é um incrível exercício de descobrimento e criatividade.

As cores

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Fotos: Divulgação/Mariana Caldas e Cai Ramalho

Utilizando resíduos da marca acumulados durante o ano de pandemia, Flavia Aranha apresenta uma coleção com cores solares, que ganham um efeito ainda mais incrível com o patchwork de materiais.

As mensagens

SPFW: 10 coisas que amamos do 5º dia de desfiles
Victor da Justa, Walério Araujo e Flavia Aranha – Fotos: Divulgação

A última noite da 51ª edição do SPFW foi marcada por mensagens fortes e poderosas, que mais do que nunca precisam ser ouvidas: Ranieri nos fez repensar sobre recomeços, Victor da Justa levantou questões sobre o papel da tecnologia em nossas vidas, Walério reforçou a importância de trajetórias pessoais e Flavia Aranha transmitiu que quando todos os elementos estão alinhados, o mundo é um lugar melhor.