A fachada do Hotel Armani – Foto: Divulgação

Um quarteirão inteiro, em pleno quadrilatero della moda – região que concentra o melhor da moda internacional em Milão -, dedicado ao mais elegante dos estilistas italianos: Giorgio Armani. Além das lojas e restaurantes (um deles com estrela Michelin e tudo), o Armani Hotel funciona também como hotel e SPA, ambos com vista 360º, que inclui o Duomo e o Bosco Verticale. Um luxo só!

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

O “A” da marca se destaca no lobby – Foto: Divulgação

O Armani Hotel Milano é, sem dúvida, opção de hospedagem certeira. Especialmente para quem valoriza a discrição refinada e o bom gosto sem exagero. Cada canto da propriedade reflete diretamente o estilo do designer, contemplado há anos pelo minimalismo e modernidade.

Uma das suítes do Hotel Armani – Foto: Divulgação

Foi ele, inclusive, que escolheu a dedo cada móvel ali exposto – todos à venda em sua loja de décor, diga-se de passagem. E tudo, absolutamente tudo é milimetricamente calculado por sua equipe. Um exemplo? O prédio de 1937 tem formato de A e, não por acaso, foi inaugurado no místico dia 11.11.11.

O Bar Bamboo – Foto: Divulgação

Não são apenas os hóspedes de toda a parte do mundo que usufruem do lugar. O Bamboo Bar, no sétimo andar, atrai muita gente que mora na cidade, ou trabalha nas redondezas para almoços de negócios e happy hours diários (a hora que o sol se põe é a mais concorrida).

O SPA Armani – Foto: Divulgação

Já o SPA do oitavo andar, também aberto ao público externo, serve como antídoto infalível contra o stress da metrópole: tem piscina com hidromassagem e temperatura perfeita que varia entre 28°e 32°C, cabines individuais de sauna + banho turco com aquele visual já citado no início, além de um excelente menu de massagens e tratamentos corporais e faciais.

A varanda: deslumbrante – Foto: Divulgação

Leia mais:
Hotel Nacional reabre suas portas no Rio de Janeiro
Roma a seus pés: conheça o melhor hotel da capital italiana
Lisboa: conheça o pequeno hotel Casa Fortunato