Pathy Dejesus veste Dolce & Gabbana, com foto de Karine Basílio, edição de moda de Rodrigo Yaegashi, beleza de Wilson Eliodorio e produção executiva de Ornaldo Casagrande. Agradecimento: Jorge Elias

As mudanças do corpo durante a gravidez vão desde a produção de hormônios até o tamanho do nariz da mulher – essa é a primeira grande mudança na vida da mulher que se tornará mãe. O corpo vai se moldando para poder gestar o bebê da melhor forma possível, e este pode ser um esforço muito grande do organismo, podendo causar indisposição e mal-estar durante o período da gravidez, além de perda de cabelo e inchaço.

Isso pode gerar um desconforto com a própria aparência na gestação, e o ideal é evitar procedimentos estéticos e invasivos, para não afetar a sua saúde nem a saúde do bebê. Mas, então, como fazer uma rotina de self care na gravidez?

Se você é do tipo de pessoa que faz ou pretende fazer procedimentos estéticos, como harmonização facial, preenchimentos, bronzeamento artificial, botox ou outros, terá de esperar a autorização de seu médico. Agora, se você é do tipo que se exercita e segue um cronograma de skin care e hair care, só será necessário fazer algumas alterações na sua rotina.

Para cuidar da pele, que é uma das grandes afetadas durante a gestação, pois pode sofrer com o aparecimento de melasmas, acnes e hiperpigmentação, a dica é básica: use protetor solar todos os dias. Mesmo nos dias em que o sol não se faz tão presente, o uso de filtro solar é extremamente importante para manter a saúde da pele, com no mínimo FPS de 30. O uso de ácido azeláico também é permitido – ele ajuda a prevenir cravos e espinhas, além de reduzir o melasma.

Para o seu cabelo, talvez, você precise dar uma segurada na coloração, mesmo que tenha cabelos brancos. Ginecologistas e especialistas da área afirmam que colorir os cabelos na gestação pode afetar a saúde, já que existem muitos componentes químicos nos produtos. O ideal é que a coloração volte somente após a vigésima semana (após o quarto mês) da gravidez, com preferência para procedimentos mais leves, como luzes, sem contato com a raiz e o couro cabeludo.

Os exercícios físicos também terão de seguir uma rotina mais moderada, principalmente se você sofre com inchaços e varizes. Nesses casos, é importantíssimo que você acompanhe regularmente a orientação de seu médico, que pode recomendar uma meia de compressão para evitar que as varizes e os inchaços se tornem problemas maiores.

Os exercícios feitos com segurança podem auxiliar consideravelmente na saúde da mulher durante a gravidez, podendo inclusive ajudar a reduzir as dores de contrações e a regulação da glicemia e do colesterol. Consulte o seu médico e um educador físico para fazer uma rotina de exercícios segura para você e para o seu bebê, e não se esqueça de ter uma alimentação balanceada e de se hidratar!