Foto: Arquivo Harper's Bazaar
Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

O estilo ousado de Chloë Sevigny não deixa que a atriz passe desapercebida em nenhum tapete vermelho – nem mesmo quando ela escolhe usar preto. Assim como suas escolhas fashionistas, alguns trabalhos da atriz se destacaram por abordar temas polêmicos, como o longa “Kids” e “The Brown Bunny”, e foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por sua atuação em “Boys Don’t Cry”.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM 

Ao longo de sua carreira, Chloë participou de diversos filmes independentes (só neste ano, lançou “Os Mortos Não Morrem”, “The True Adventures of Wolfboy” e “Queen & Slim”) e nunca deixou de se destacar por suas escolhas de moda. Para comemorar seu aniversário – a atriz completa 45 anos nesta segunda-feira (17) -, veja cinco vezes em que Chloë Sevigny provou que não há como errar usando um vestido preto:

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Para a estreia da série “The Act”, Chloë Sevigny usou um vestido da marca Simone Rocha que questiona a estética romântica ao acrescentar elementos mais ousados. Com transparência no decote e na saia, a peça tem detalhes rendados e uma gola que remete ao estilo oriental.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Em Cannes, em 2018, a atriz apostou em um modelo extremamente elegante da Chanel. O vestido mídi e reto ganha um toque de modernidade com o cropped top que sobrepõe a peça no busto. A costura vertical, o barrado grosso e o colar que passa por dentro do detalhe do decote são outras características que adicionam modernidade ao vestido.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Outro Chanel preto usado pela atriz foi o modelo escolhido para o red carpet do Festival de Veneza, em 2018. Com um trabalho em lã, o vestido ganha outra vida com o decote em lã e a barra dupla.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Para quem não quer apostar em um look all black, detalhes em outros tons podem ser a melhor opção. O vestido Mugler usado por Chloë Sevigny em Cannes, neste ano, tem um decote coração – bem ousado por ser menor na lateral – em um leve tom de rosa.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Outra opção para quem quer usar preto, mas não quer apostar no tradicional é usar um blazer no lugar do vestido, como Chloë Sevigny fez ao usar o modelo da Y/Project na estreia de “Good Time”.

Leia mais:
Seis vezes em que Shailene Woodley arrasou de Dior
Phoebe Waller-Bridge é a inglesa geek que se aventura na moda
Tilda Swinton: cinco melhores momentos no red carpet